MUNDO AFORA 2020: Intercâmbio de Longa Duração na Universidade de León – O início da jornada

Tempo de leitura: 7 minutos

Você já pensou em realizar um intercâmbio? Passar meses fora do país, estudando no exterior, vivendo outra cultura?

Pois então este post é feito para você! Vamos contar a história de três intercambistas da FADISMA que estão participando do Programa de Intercâmbio de Longa Duração na Universidade de León (ULE), na Espanha.

Essa é apenas a primeira de muitas publicações que vamos fazer acompanhando os nossos alunos, e começamos, é claro, do início:

Em 2018 a FADISMA e a ULE fecharam um acordo de cooperação mútua, por meio da Rede Ibero-americana de Faculdades e Escolas de Direito.

O principal objetivo da parceria é de facilitar o intercâmbio acadêmico entre as duas instituições, conforme o anúncio feito pela universidade espanhola.

O Diretor Geral da FADISMA, Eduardo de Assis Brasil Rocha, e o Reitor da ULE, Juan Francisco García Marín, assinando o acordo em 2018 (Foto: ULE/Reprodução)

Ainda no mesmo ano da assinatura do acordo, foi publicado o Edital 26/2018, que selecionou egressos da Instituição para receberem bolsas de mestrado no programa de pós-graduação da ULE.

Um dos contemplados foi João Pedro Seefeldt, cuja história já contamos aqui no Blog!

Em 2019, foi publicado o edital que selecionaria alunos para participarem do primeiro Intercâmbio de Longa Duração em parceria com a ULE.

O Intercâmbio de Longa Duração

É nesse cenário que três alunos do Curso de Direito da FADISMA embarcaram para a Espanha, rumo a Universidade de León, na cidade de mesmo nome, no noroeste do país.

Allice Reis, Gonzalo Gomez e Rafaela Marchezan chegaram na Europa em janeiro, mas a história deles começou um pouco antes.

Alice, Gonzalo, Rafaela e, é claro, o chimarrão

A publicação do Edital 28/2019, que abriu as inscrições para alunos da FADISMA participarem do Intercâmbio de Longa Duração, aconteceu no dia 18 de agosto do ano passado.

Foi então que os agora selecionados discentes da Instituição tomaram a decisão de participar do programa.

Diferentes trajetórias, um só destino

Gonzalo planejava realizar um Intercâmbio de Curta Duração, mas sua mãe, que é formada em Direito, apoiou a possibilidade de passar um semestre inteiro estudando na Europa assim que foi apresentada à ideia.

Ela argumentou que a experiência seria muito valiosa para a formação acadêmica e profissional. Gonzalo concordou e mudou de planos.

Allice foi orientada por sua madrasta, egressa da FADISMA, desde que entrou no Curso de Direito, sobre as possibilidades oferecidas pela Instituição. Isso incluía, evidentemente, o Intercâmbio.

Conhecer a Europa é um antigo sonho dela, e a oportunidade materializada pela FADISMA por meio do intercâmbio era tudo que ela precisava.

Já no nono semestre da faculdade, Allice conta que, por causa da viagem, ela terá de fazer 11 disciplinas diferentes no segundo semestre de 2020 para se formar ainda no final do ano.

Mas essa barreira não a desanimou, e ela se inscreveu para o intercâmbio mesmo assim.

Já Rafaela sonhava em morar fora do Brasil desde pequena. Por isso se apaixonou pelo programa de intercâmbio da FADISMA logo que o conheceu. Participar dessa oportunidade não era uma decisão a ser tomada, e sim um caminho óbvio.

Rafaela e a família no aeroporto

Tanto pelo crescimento profissional quanto pelo pessoal, a experiência seria de valor inigualável para ela. Seus pais, é claro, apoiaram a filha, mesmo sabendo da saudade que sentiriam.

Os três alunos têm várias semelhanças e diferenças em suas histórias. Apesar de suas trajetórias variarem, o destino era o mesmo: a cidade de León, na Espanha.

A preparação e a chegada

Com o resultado da seleção em mãos, era a hora de correr atrás de toda a documentação necessária para a realização do Intercâmbio.

Entre passaportes, vistos internacionais e até seguros de vida, foi uma corrida contra o relógio e a burocracia. Apesar da correria, as coisas foram bem. Mas nem tudo são flores.

Passar tanto tempo em um país estrangeiro traz desafios bem próprios. Em León, por exemplo, a temperatura frequentemente não alcança os 10ºC, ficando abaixo de zero rotineiramente. E a própria viagem nem sempre é fácil.

As fotos já denunciam: faz frio na Espanha!

“Deu tudo errado no começo”, comentou Rafaela, que chegou à Europa junto de Allice. Elas perderam a conexão em Madrid por conta de um atraso em seu voo, e ficaram quase um dia inteiro esperando em Portugal.

Depois disso, arranjar um espaço para viver na Espanha foi o próximo desafio.

Um teto para morar

“Do Brasil, é quase impossível conseguir um lugar para ficar em outro país”, observa Allice.

Por isso, o plano foi se alojar em uma pensão e procurar um apartamento para alugar pessoalmente. Durante uma semana os intercambistas exploraram León em busca de sua morada, chegando a andar mais de 10 quilômetros por dia.

No geral, os locadores exigiam que o contrato de aluguel durasse pelo menos um ano, o que era impossível, considerando a duração do intercâmbio. Isso sem contar a necessidade de uma conta em banco espanhol, comprovante de renda, entre outros.

Impossível não se admirar com os pontos turísticos.
Na foto, a histórica Catedral de León.

Graças ao programa de apadrinhamento da ULE, em que um aluno veterano da instituição “adota” os recém chegados, os discentes da FADISMA tiveram o apoio de uma estudante e conseguiram alugar um apartamento conforme as necessidades peculiares à situação deles, faltando apenas um dia para encerrar o período contratado na pensão.

A história recém começou

Esse é apenas o começo da caminhada dos três estudantes, que ficarão em León até o fim do semestre.

Acompanharemos todos os passos dessa experiência aqui no Blog da FADISMA! Fique ligado nas nossas redes sociais para saber quando saírem as novas publicações.

O NEDI

O Núcleo de Estudos de Direito Internacional (NEDI) é o mais antigo núcleo da FADISMA. Fundado em 2010, quando a Instituição tinha apenas sete anos, ele vem com o objetivo de potencializar a internacionalização dos docentes e discentes da FADISMA.

Os programas de intercâmbio da FADISMA surgem em 2011, impulsionados pela fundação do NEDI. Os Intercâmbios de Curta Duração são os mais antigos. Eles foram idealizados visando atender os alunos que não poderiam, pelo motivo que fosse, se afastar da cidade por longos períodos.

Em 2012, a FADISMA, por meio do NEDI, faz parte da idealização e fundação da Rede Latino-americana de Faculdades e Escolas de Direito que, cinco anos depois, se amplia de tal forma que passa a se denominar como Rede Ibero-americana, graças à inclusão de faculdades europeias, como a espanhola Universidade de León, em seu rol de instituições associadas.

A partir de 2016 a Instituição começa a trabalhar com os Intercâmbios de Longa Duração, que permitem os alunos a permanecerem um semestre no exterior.

Além de ser uma experiência única de aprendizagem e crescimento acadêmico e pessoal, as disciplinas cursadas em outros países são aproveitadas para a graduação do aluno aqui no Brasil.

À frente do NEDI como coordenadora desde 2017, a professora Cristiane Pauli afirma que não tem “o menor receio de dizer que hoje a FADISMA é referência em intercâmbios”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *