Curso de Direito: tudo que um novo aluno precisa saber

Tempo de leitura: 5 minutos

Como é jornada de um aluno no Curso de Direito?

Antes de entrar em uma graduação, muito se ouve sobre o que acontece dentro das universidades, em especial aqueles que têm parentes que estudam ou trabalham em uma ins. Porém, para ter a real noção de todos os desafios e oportunidades que a jornada acadêmica apresenta para os discentes, só há uma forma: ingressar no ensino superior.

Foi nessa situação que se encontrou a aluna do Curso de Direito da FADISMA Lauren Moraes. Apesar de vir de uma família com tradição na área jurídica, ela desejava cursar Medicina. Quando o processo de Ingresso na Instituição de 2017 foi anunciado, ela resolveu fazer a prova. Passou e decidiu cursar, como um teste.

A paixão pelo curso de Direito surgiu rapidamente. Assim, Lauren começou uma jornada que, ainda que não fosse completamente desconhecida por ela, foi uma mudança inesperada de planos. Hoje, quase três anos depois, Lauren administra a sua caminhada acadêmica com maestria.

“Foi no segundo semestre, quando comecei a ter Direito Constitucional, Civil, Penal, que abri os olhos para ver o Direito, porque foi ali que eu senti se era realmente o que eu queria”, explicou a graduanda.

“Mas, como os professores eram muito bons e as disciplinas eram fantásticas, aquilo me prendeu ao Direito e eu decidi ficar e continuar”, conclui Lauren.

Após seis semestres de graduação, Lauren já escreveu artigos acadêmicos, estagiou, participou de projetos de extensão e do diretório acadêmico. Mas a jornada ainda não se encerrou e ela ainda almeja muito mais.

Lauren já aprendeu muito em sua caminhada, e contou quais foram as coisas mais importantes que aprendeu no Curso de Direito da FADISMA:

Porém. como ela conseguiu realizar tantas coisas diferentes nesses anos? Para entender melhor, vamos voltar e visualizar a caminhada de Lauren cronologicamente:

Já nos primeiros semestres, ela se dedicou aos eventos acadêmicos e até escreveu um artigo científico. No terceiro semestre, Lauren decidiu fazer a prova de estágio para o Ministério Público, mas, infelizmente, não foi aprovada.

O caso, no entanto, serviu para reafirmar a sua escolha e se dedicar ainda mais aos estudos no Curso de Direito, sendo aprovada na prova seguinte. No quarto semestre, ela se inscreveu para a Formação para Liderança e Colaboração Discente do Programa de Inovação e Cultura Educacional da FADISMA, voltado para trabalhar o protagonismo do aluno, o seu crescimento pessoal e o seu desenvolvimento enquanto potencial profissional.

Lá, Lauren idealizou o projeto ABC Dos Direitos Humanos, que visa levar para estudantes do Ensino Fundamental conhecimentos essenciais sobre os Direitos Humanos Fundamentais, e que foi colocado em prática no semestre passado, o quinto da graduação de Lauren.

Para os anos finais da graduação, ela pretende se inscrever para intercâmbios e ainda adiantar o seu Trabalho de Conclusão de Curso.

Essa atarefada jornada só aconteceu por conta de muita organização. Por exemplo, por ter uma proximidade com a área jurídica, graças a família, Lauren já se interessava pelo trabalho do Ministério Público e planejava ingressar no órgão como estagiária desde o início. Não por acaso, o seu objetivo após a faculdade é prestar concursos para o cargo de promotora.

E isso tudo vai além de mero planejamento. Lauren conta que, desde o início da graduação, ela guarda todas as suas anotações de aulas e estudos em pastas para que sempre tenha o conteúdo à disposição, tudo organizado em casa.

“Desde o primeiro semestre, eu venho tendo uma rotina de estudos bem regrada, bem disciplinada. É óbvio que, no início, eu tinha muito mais tempo para estudar. Eu estudava seis horas por dia, porque eu ainda não tinha estágio”, lembra Lauren.

Não foram só a obrigações dela que mudaram nesses anos dentro do Curso de Direito, mas também a mentalidade.

Ao entrar na faculdade, é comum sentir-se um pouco perdido, sem saber que caminho prosseguir na jornada. Assim foi com Lauren, que originalmente pretendia cursar Medicina, mas se viu apaixonada pelo Direito rapidamente.

Nesse período, ela passou a entender que a faculdade oferece uma gama imensa de oportunidades, sejam elas atividades diferenciadas, cursos de extensão, possibilidades de estágio, intercâmbio ou outras vivências importantes para uma futura jurista.

Portanto, nos três anos em que fez parte do Curso de Direito, Lauren passou da incerteza da graduação desejada para a determinação de tirar proveito de tudo que a FADISMA tem a oferecer para seus alunos.

Essa é a lição que ela deixa para os que desejam ingressar em uma faculdade de Direito: aproveitar tudo que a vida acadêmica pode proporcionar. A formação diversa transforma o aluno em um profissional diferenciado e em uma pessoa ainda mais humana.

Lauren, inclusive, deixou vários conselhos para os futuros graduandos no vídeo abaixo:

É uma honra para a FADISMA formar juristas como Lauren, que além de se tornarem, sem dúvidas, excelentes profissionais no futuro, também são membros da sociedade que fazem a diferença.

O processo de ingresso na Instituição está em aberto, e você pode realizá-lo de diversas formas como usar a nota do ENEM, redigir uma Carta de Intenções online, entre outros. Confira a nossa página de Ingresso para saber mais!             

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *